Universidade Antropófaga – 2ª Dentição

Photos by Maria Bitarello
Agosto-Setembro 2015 @ Teatro Oficina Uzyna Uzona
Canon AE-1 35mm: Ilford HP5 Plus
Ferrania 120mm: Ilford Delta 3200 | Ilford HP5 Plus

The art of being present

A Reflection Point facilitator and team member, Maria Bitarello is a writer, translator, editor and journalist living in São Paulo, Brazil.  She is also a member of the longest running theater company in Brazil. In this essay, she connects the dots between her experience of expressive theater and the space created in a Reflection Point conversation.

I’ve often thought that Reflection Point is like theater. And theater, I speak from experience, is the art of being present.

Sure, there are lines and cues, but performing onstage – or backstage, like myself – requires unequivocal concentration and unwavering presence. If you are not fully here and now, you compromise everyone else, the whole show. From the actors’ safety to the audience’s experience. We must be wholeheartedly present for the magic to occur. It is generosity at its peak, giving yourself entirely to the collective, as well as being fueled by the energy that emanates from the Company and the audience, as one.

At Reflection Point, the sessions we facilitate around a story offer a similar ride.

Read the entire piece at reflectionpoint.org.

Livro selecionado pelo projeto Minha Biblioteca (São Paulo)

🤩 Que alegria! “O tempo das coisas” foi selecionado pelo “Projeto Minha Biblioteca”, da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, para o público do EJA – Educação de Jovens e Adultos.

🤓 Somos leitura extensiva para 2022!

Comemoração em parceria com minha editora, In Media Res, e meus editores, Ana Beatriz Manier e Isaías Freire❗

📙 “O tempo das coisas” é meu segundo livro de cônicas e foi lançado em 2018.
Pra conhecer os demais lançamentos, visite a lojinha virtual.

📸 Foto: Igor Marotti
Ilustração da capa: Letícia Coura

Biblioteca Convida: Maria Bitarello


Bate-papo sobre meu último livro, “Vermelho-terra”, a convite da Biblioteca Comunitária Caio Fernando Abreu, da Casa 1 – o centro de cultura e acolhimento de pessoas LGBT, no Bixiga, em São Paulo (2021). É só clicar pra dar play ou abrir aqui pelo perfil da @casa1 no Instagram.

Pré-venda de VERMELHO-TERRA

Já passamos da metade da campanha de financiamento coletivo para a publicação do meu novo livro, Vermelho-terra! Para participar, visite nossa Benfeitoria, escolha sua recompensa e faça uma colaboração! O livro – ou os livros – chegarão via correios até você, com dedicatória e tudo, assim que tudo estiver pronto, em julho!

Essa campanha viabiliza a publicação do livro que traz textos e fotos a partir de uma viagem a campo feita a Ketu, no Benim, e funciona também como pré-venda, pois não será possível a realização de um lançamento presencial, diante da realidade imposta pelo isolamento social.

Então fica aqui o convite pra você conhecer o projeto!

Assista ao vídeo, mande para os amigos e espíritos afins e se junte a nós nessa empreitada pela sobrevivência da cultura brasileira em tempos de caos!

Axé!

Amor!

Humor!

Vermelho-terra

Alou Brazyl, alou mundo!!! 📙 🤓 📸

Está aberta a campanha de financiamento coletivo pra publicação do meu próximo livro: VERMELHO-TERRA

Livro com textos e fotos que segue os passos da tradição da literatura de viagem a partir de minha ida a campo no Benim, em 2009.

A campanha é uma pré-venda do livro.
E por isso estou aqui!

A primeira meta da campanha é TUDO OU NADA. Precisamos alcançá-la. Com isso, garantimos que vai ter livro! Oba! E como não dá pra ter lançamento, ela também garante que você receba seu livro em casa pelos correios!

Te convido a olhar a campanha,
pensar na melhor forma de contribuir,

e, sim, por favor:
compartilhe com pessoas próximas que tenham a ver com esse projeto!

Entre para comprar o seu e saber mais!
benfeitoria.com/vermelhoterra

Texto e fotos de Maria Bitarello
Edição de Ulisses Belleigoli
Projeto gráfico de Lia Rezende Domingues

#financiamentocoletivo#benfeitoria#literaturabrasileira#literaturadeviagem#benim#ketu#ketou
#fotografiaanalogica#35mm#livronovo#mariabitarello#lapetiteferme#culturabrasileira#resistecultura